Marcos, retrata a aflição provocada pela seca, ao extrair da madeira figuras esqueléticas carregadas de dramaticidade e melancolia. O cachorro esculpido em madeira, nos remete à Baleia, a cadela da obra “Vidas Secas”, de Graciliano Ramos. Carregados de dramaticidade, com formas lânguidas e suaves, dão impressão de estarem constantemente em movimento.

Refinar Produtos

Exibir:
Ordenar por: